Você está lendo...
alimentação, Artigos, saúde e bem estar

Chia (Salvia hispanica)

A planta medicinal Chia (Salvia hispanica) é também conhecida por Chia-Dourada ou Golden Chia (Salvia columbariae). A Chia é rica em ácidos graxos ômega-3 e pertence a mesma família Lamiaceae.

Usos Tradicionais: constipação, diabetes, fadiga, febre, feridas, hipertensão, intestino ressecado, Mal de Alzheimer.
Propriedades Medicinais: antioxidante, demulcente, diaforético, emoliente, expectorante, laxante, nutritivo.

Tanto as sementes da Chia, quanto o restante da planta, são ricas em ômega-3, um ácido graxo poli-insaturado que oferece excelentes benefícios para a função cognitiva e ao cérebro, redução do risco de doenças vasculares e certostipos de câncer. A Chia é também rica em vitaminas, fibras alimentares e também possui propriedades antioxidantes. Na medicina alternativa, as qualidades demulcentes e refrescantes das sementes de Chia as tornam excelente para melhorar a constipação e a febre. É usada cataplasma para o tratamento de feridas. Devido a sua composição, a Chia afeta positivamente em alguns tratamentos de depressão e transtornos do humor. Também pode aliviar distúrbios cerebrais, como o Mal de Alzheimer e Transtorno de Déficit de Atenção (TDAH). As sementes também podem ser úteis para os diabéticos, podendo ajudar na estabilização do açúcar no sangue e prevenção da hipertensão.

Em um estudo de 2007 no Diabetes Care, pesquisadores descobriram que pacientes com diabetes mellitus tipo 2, que consumiram 37 g de chia (cerca de 6 colheres de sopa) por dia, tiveram sua taxa de proteína C-reativa (um marcador de inflamação) diminuirem em 32%, além da diminuição da pressão arterial sistólica e diastólica, e uma melhoria na taxa de açúcar no sangue.

A semente da Chia é composta de aproximadamente um terço de proteínas, um terço de óleo e um terço de fibra solúvel dietética. O óleo na semente de Salvia hispanica contém concentração de dois terços de ácido graxo ômega-3. A semente também possui em sua composição, antioxidantes e aminoácidos, além de não conter glúten e possuir pouco sódio. É uma das fontes vegetais com maiores concentrações de ômega-3, ferro e cálcio.

Existem variações da semente de Chia, que podem ser pretas, brancas ou misturadas. No entanto, todas pertencem à mesma variedade botânica e essas diferenças ocorrem dependendo da área cultivada, o que não chega a alterar as propriedades da planta.

O Uso da Chia na Culinária

A planta inteira pode ser consumida em saladas, sopas ou cereais. As sementes da Salva hispanica podem ser comidas cruas ou adicionais a farinhas para bolos. A Chia natural fresca é uma bebida saudável quando feita por imersão das sementes em água ou suco de frutas. Pode ser também utilizada como especiaria na cozinha, para ser borrifada em pães, bolos e biscoitos.

História e Curiosidades

A Chia é uma erva nativa do Sudoeste Americano e da América Central, encontrada principalmente no México. Foi muito valorizada como fonte de alimento primária pelos Astecas. Dizia-se que uma colher de chá de semente de Chia(Salvia hispanica) era suficiente para sustentar um índio durante um longo dia de marcha. Há controvérsias sobre a origem do nome Chia, sendo que a versão mais aceita é que a palavra é derivada de chiabaan, que significa “fortalecimento”.

Outra pesquisa diz que o nome da semente, na verdade oriunda da palavra asteca “chian”, que
significa “oleosa”, sendo que a planta já foi utilizada como moeda de pagamento no império Asteca.

texto extraído do portal plantamed.
Anúncios

Sobre Camila

Formada em arquitetura e urbanismo pela FAU-UFRJ e em terapias ayurvédicas pelo CMIRJ. Participou de diversos cursos de culinária vegetariana e vegana, sempre nutracêutica - que tem a função de curar - com chefes renomados do rio de janeiro e do rio grande do sul. Amante da vida comunitária e do tema da sustentabilidade residiu por um ano na Ecovila Arca Verde|RS, onde participou da formação “Caminhos para a vida Sustentável”, com abordagem em temas de educação e vida conscientes nas 4 dimensões da existência humana: social, ecológica, econômica e visão de mundo. Recentemente, participou do seminário: Ayurveda e a Saúde da Mulher - pela ABRA-RJ, com a médica indiana Dra. Varsha Santosh, que pode trazer um enfoque ainda mais prático desta terapia. Certificada pelo IECAM - Instituto de Estudos da Culturas da Amazônia no curso básico de ervas medicinais e farmácia caseira. Atende em terapias ayurvédicas no Rio e em Petrópolis, com enfoque em orientação alimentar, ambulatório e rotina diária. Facilita palestras, cursos e vivências nas áreas do ayurveda, sagrado feminino, auto-conhecimento/espiritualidade e associação entre alimentação, saúde e sustentabilidade.

Discussão

Um comentário sobre “Chia (Salvia hispanica)

  1. eu comprei um pacote de chia e faz pouco tempo vamos ver se funciona né 😉

    Publicado por solange | 25.06.2012, 14:38

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: