Você está lendo...
Artigos, saúde e bem estar, terapias

Aromaterapia: Casca Limão x Uso Interno

Este texto é sobre as formas seguras de consumir a casca ou o óleo essencial extraído da casca do limão!

Todo frasco do óleo essencial (OE), matéria-prima da Aromaterapia, tem o aviso: “proibido uso interno”. Entenda uso interno como via oral, beber, tomar.

Entretanto, na Aromatologia, que provém da escola francesa, o uso interno de OEs é uma possibilidade importante a ser estudada, para atender a um tratamento específico. Mas tal uso deve ser cuidadoso e realizado sob a orientação e acompanhamento de um profissional – aromaterapeuta – especialista nesta técnica.

Existe uma controvérsia entre escolas e aromaterapeutas, quando se questiona o uso interno de OEs, pois sendo estes extratos ultra concentrados, tal consumo pode ser perigoso, principalmente se auto-medicado.

A Aromaterapia, apesar de milenar, foi desenvolvida e teve sua expansão no começo do século 19, na França, onde a aplicação, a inalação e as compressas tópicas são difundidas até hoje. Mas, quando a Aromaterapia foi introduzida na Grã-Bretanha, ela chegou principalmente como uma ferramenta para tratamentos terapêuticos estéticos, cosmetológicos. O código da terapia da beleza – a cosmetologia – não permitia, na época, o uso interno (via oral) e tal conceito acabou ficando como norma das primeiras associações de Aromaterapia, se propagando até hoje, mundo afora, sem um questionamento maior sobre a origem de tal normatização.

A escola de Aromaterapia britânica se restringiu genericamente ao uso dos OEs diluídos em um óleo carreador (base ou excipiente) para serem aplicados em massagens e tratamentos tópicos.

Entretanto, a Aromatologia, que preservou os ensinamentos originais da escola francesa, permite, sob a condição de muito estudo e aprofundamento, o uso interno de alguns óleos essenciais, obviamente, com dosagens e posologias indicadas por profissional autorizado e competente.

O público em geral necessita estar ciente do potencial de alguns OEs que, nas mãos de um terapeuta corretamente treinado, podem ser usados internamente com segurança e eficácia.

Logicamente são poucos os OEs que apresentam potencial para indicação de uso interno. O primeiro da lista é o OE de limão, pois sendo um ativador da circulação periférica, pode ajudar no tratamento de problemas cardiovasculares, respiratórios, desintoxicação dos sistemas digestivo e linfático, adstringente e até como um quimioterápico natural.

Sem dúvida a dosagem e posologia devem ser indicadas caso a caso.

No meu livro O poder de cura do Limão, recomendo como possibilidades seguras as formas de ingestão do OE de limão descritas abaixo, lembrando que o tempo de tratamento não deve ultrapassar a 3 meses. Caso a cura não tenha sido alcançada nestes 3 meses, dá-se um intervalo de 30 dias e repete-se o tratamento por mais 3 meses. Veja as opções:

1- No preparo dos sucos desintoxicantes adicionar 1 limão inteiro (polpa + casca). O suco deverá ser coado e bebido imediatamente após seu preparo. Aqui, dependendo do tamanho e tipo de limão, pode-se chegar a 5 gotas de OE, e algumas pessoas encontram dificuldade com seu sabor forte e amargo, por vezes sentindo ardor no estômago após a ingestão. Ou seja, foi muito OE. O certo, no caso, é fazer uso de limões de tamanho médio.

2- No preparo dos sucos desintoxicantes adicionar 1 limão parcialmente descascado e picado. Uma vez batido, o suco deverá ser coado e bebido imediatamente após seu preparo. Aqui o sabor fica mais agradável, pois a quantidade aproximada de OE de limão será de 2-3 gotas.

3- No preparo dos sucos desintoxicantes adicionar 1 colher (chá) de raspa fresca da casca de limão. Uma vez batido, o suco não precisa ser coado, mas precisa ser bebido imediatamente após preparo. Aqui o sabor fica bem agradável pois a quantidade aproximada de OE de limão deve ser algo como 1 gota.

ATENÇÃO: pelos motivos expostos até aqui, quando na receita for usado mais que 1 limão, somente o primeiro será com a casca e suco. Os demais serão somente o suco.

4- No preparo dos sucos desintoxicantes ou vitaminas adicionar diretamente 1 colher (chá) da farinhade limão – aqui nada se perde, tudo se ganha, principalmente se a farinha foi desidratada somente com energia solar.

5- No preparo dos sucos desintoxicantes ou vitaminas adicionar 3 gotas de OE de limão aos ingredientes ao bater no liquidificador. Assim, o OE ficará emulsionado no suco, conferindo além de sabor agradável, melhor dispersão dos seus ativos. Alerta: essa forma de consumo deve ser acompanhada por um profissional competente da aromaterapia. Consumo: máximo 9 gotas/dia, divididos em 3 tomadas, ou seja, em 3 sucos desintoxicantes/dia.

fonte: site doce limão – autora: conceição trucon

No caso de interesse em adquirir o OE de Limão, que é fornecido em frascos de 10 ml (330 gotas) as dicas são os óleos essenciais no Emporium floremSer

Anúncios

Sobre Camila

Formada em arquitetura e urbanismo pela FAU-UFRJ e em terapias ayurvédicas pelo CMIRJ. Participou de diversos cursos de culinária vegetariana e vegana, sempre nutracêutica - que tem a função de curar - com chefes renomados do rio de janeiro e do rio grande do sul. Amante da vida comunitária e do tema da sustentabilidade residiu por um ano na Ecovila Arca Verde|RS, onde participou da formação “Caminhos para a vida Sustentável”, com abordagem em temas de educação e vida conscientes nas 4 dimensões da existência humana: social, ecológica, econômica e visão de mundo. Recentemente, participou do seminário: Ayurveda e a Saúde da Mulher - pela ABRA-RJ, com a médica indiana Dra. Varsha Santosh, que pode trazer um enfoque ainda mais prático desta terapia. Certificada pelo IECAM - Instituto de Estudos da Culturas da Amazônia no curso básico de ervas medicinais e farmácia caseira. Atende em terapias ayurvédicas no Rio e em Petrópolis, com enfoque em orientação alimentar, ambulatório e rotina diária. Facilita palestras, cursos e vivências nas áreas do ayurveda, sagrado feminino, auto-conhecimento/espiritualidade e associação entre alimentação, saúde e sustentabilidade.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: